ABEP desenvolve nova versão do Índice de Serviços Públicos Digitais dos Governos Estaduais e Distritais

Visando analisar a oferta de serviços digitais pelos Governos Estaduais, Distritais e Municipais, a ABEP-TIC começou o desenvolvimento da edição de 2021 do Índice “Oferta de Serviços Públicos Digitais dos Governos Estaduais e Distrital”. O estudo será feito em âmbito nacional e será parte da próxima edição do Ranking de Competitividade, desenvolvido pelo Centro de Liderança Pública (CLP).

 

A pesquisa já está em desenvolvimento e vai manter os três principais pilares do estudo: Capacidades para a Oferta Digital de Serviços; Oferta de Serviços Digitais e Regulamentação sobre Modernização Para Oferta de Serviços Públicos. Mas com o sancionamento da Lei de Governo Digital, o relatório deste ano também vai levar em consideração a nova lei em sua análise.

 

“Esse é o principal índice de governo digital relacionado aos Estados brasileiros. Ele aponta quais foram os avanços e as debilidades dos Estados quanto à oferta de serviços digitais, especialmente os governos que receberam pontuação mais baixas”, explica Tasso Lugon, presidente da ABEP-TIC.

 

Após ser finalizado, o Índice ajuda os Estados a medirem sua maturidade digital em comparação com outros governos, além de permitir a divulgação de ações positivas e a troca de conhecimento.

Pauta 3.png