Pesquisa do GTD.GOV mostra aceleração na transformação digital nos estados em 2020

O estudo Capacidades para a Transformação Digital nos Governos Estaduais e Distrital, destacou pontos fortes e fracos no sistema de governo dentro das empresas. Realizada pelo GTD.GOV, grupo mantido pelo Conselho Nacional dos Secretários de Administração (CONSAD) e pela Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação (ABEP-TIC), o levantamento teve início em agosto de 2019 e foi lançado em janeiro.

 

A pontuação média das empresas quando o assunto é estrutura de transformação digital foi de 69,9 de um total de 100. O estado de Minas Gerais foi o único com características do governos 3.0. Os outros estados ainda estão nas fases um e dois de desenvolvimento.

 

Segundo o Diretor Presidente da Prodemge, Roberto Tostes Reis,  para obter esta classificação o estado de Minas Gerais vem focando em resultado e prestação de serviço aos cidadãos desde 2019.

 

“Além dessa transformação digital, a gente também está trabalhando muito forte em governança. Temos um comitê de avaliação de compras acima de determinado valor, o CGTIC, que valida se tem outras oportunidades, um alinhamento dos órgãos de Estado, utilização de tecnologia, estudos e de coisas mais novas, como, por exemplo, projetos de Blockchain e Big Data  para análise na área de segurança pública”, explica.

 

O relatório também evidencia um problema no sistema de tomada de decisão dentro dos governos. “O processo de transformação digital que não descentraliza a tomada de decisão têm mais chance de não resolver os gargalos e até de criar novos gargalos”, explica Edimara Mezzomo Luciano, colaboradora do GTD.GOV e líder científica da pesquisa. 

©2020

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco