Logo_Boletim_2019.png

Canal de cases da TIC pública brasileira

Prodest: desenvolvimento de soluções e infraestrutura são os destaques de 2018

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest) participou de diversas inciativas para aperfeiçoar os serviços de TI para os órgãos públicos e a população

E-Docs

Foi lançado, em julho, o sistema corporativo para gestão e tramitação de documentos e processos digitais do Governo do Estado do Espírito Santo (E-Docs), que já está sendo utilizado por vários órgãos do Poder Executivo.

Pela ferramenta, já foram abertos aproximadamente 700 pedidos de diárias. Os principais benefícios do software são aumentar a eficiência e promover a desburocratização da administração pública.

“Antes do E-Docs, o pedido costumava ser feito por processos em papel. No caso de um servidor de uma unidade do interior por exemplo, a solicitação – em papel – tinha de chegar a Vitória para ser autorizada. Agora, essa ação pode ser feita de forma on-line, sem a necessidade de transporte de papéis”, explicou o Diretor Técnico do Prodest, Lívio Zanol.

Na Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp), foram capacitados mais de 1000 servidores públicos estaduais para utilizar o sistema. Desde o dia 19 de novembro, todos os órgãos estaduais podem adotar o E-Docs para abrir qualquer processo.

Integração com plataforma de autenticação do Governo Federal

O Acesso Cidadão – recurso que permite utilizar vários serviços digitais do Governo do Estado do Espírito Santo pelo login único – está integrado à plataforma Brasil Cidadão, do Governo Federal, que possui a mesma finalidade da ferramenta capixaba.

É a primeira vez que duas soluções de login único da União e de um Governo Estadual são integradas no País. Desenvolvido pelo Prodest, o Acesso Cidadão tem mais de 520 mil usuários cadastrados

O Governo Federal prevê que o novo documento de identificação nacional – DNI, que está sendo implantado em nível nacional seja emitido já integrado com o Brasil Cidadão. Desta forma, um cidadão que retirar o DNI já possuirá conta no Brasil Cidadão e poderá utilizar esta conta para acessar os principais serviços digitais do Espírito Santo, sem necessidade de uso de outro usuário e senha.

O cidadão passa, de fato, a ser enxergado como uma só pessoa perante os diversos serviços públicos digitais prestados pelos diferentes entes da federação. Certamente este é o futuro para a integração entre os diversos poderes e esferas do País, de forma federada, cada um tratando os seus serviços específicos com necessidades de dados específica, mas o cidadão visto como um só.

CNH Social

O programa CNH Social recebeu, neste ano, 49.506 inscrições por meio do sistema desenvolvido pelo Prodest em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran|ES). O sistema foi desenvolvido de forma a simplificar ao máximo a fase de inscrição e seleção de candidatos, com integração a diversos sistemas e com a base de Cadastro Único do Governo Federal.

O CNH Social disponibiliza gratuitamente a primeira habilitação, adição ou mudança de categoria na carteira do motorista. Em 2018, a intenção é beneficiar 9 mil pessoas, sendo que 5% são reservadas das vagas para pessoas com deficiência.

ES na Palma da Mão

Disponível gratuitamente em versões Android e iOS, o app ES na Palma da Mão foi disponibilizado em uma nova versão, onde foi realizada a atualização da tecnologia utilizada proporcionando mais segurança e eficiência, além e uma nova roupagem na interface.

Em janeiro de 2018, o Prodest, a Ceturb e o Instituto Luiz Braille do Espírito Santo (ILBES) assinaram um convênio para o desenvolvimento de novo recurso no aplicativo para deficientes visuais. Um dos novos serviços será possibilitar aos deficientes visuais e pessoas com baixa visão acompanhar a chegada dos ônibus do Transcol nos pontos da Grande Vitória.

Até o final deste ano, o ES na Palma da Mão também terá outros serviços, como notificação e multas aplicadas pelo Detran, agendamento para atendimento presencial nos órgãos estaduais e notificações de vaga de emprego abertas nas agências do Sistema Nacional de Emprego (Sine) no Espírito Santo.

Metro-Gvix

Hospitais, escolas, delegacias e diversos órgãos estaduais nos municípios de Serra e Vila Velha estarão integrados por uma rede de alta velocidade até o final deste ano. O Governo do Espírito Santo assinou, em agosto, uma ordem de serviço para ampliação da rede de fibra óptica Metro-Gvix. Com investimentos que superam R$ 10 milhões, a rede, que já atende ao município de Cariacica e Vitória, passará a contar com mais de 330 pontos de acesso na Região Metropolitana da Grande Vitória.

Com aproximadamente 450 quilômetros de extensão, a Metro-Gvix apresenta uma velocidade de 1 gigabit por segundo. Isso possibilita mais agilidade em diversas ações com melhorias dos serviços prestados ao cidadão. Recursos como videomonitoramento em apoio às atividades de segurança e de trânsito, oferta de conteúdo on-line e transmissões a distância ao vivo para os estudantes da rede estadual, contribuindo para melhoria na qualidade do ensino são alguns exemplos das possibilidades que a implantação da rede oferece.

A estimativa é de que o Estado economize aproximadamente R$ 2 milhões por ano somente em contratos de links de dados, fazendo com que o investimento seja recuperado em cerca de seis anos.

A rede vai possibilitar que os órgãos estaduais troquem informações de forma mais rápida e com alto nível de segurança. Um exemplo disso é que videoconferências poderão ser feitas entre os hospitais do Estado para agilizar o diagnóstico de pacientes.

A expansão da Metro-Gvix promoverá economia também com infraestrutura de TI, já que os órgãos integrantes da rede poderão utilizar os serviços de armazenamento e disponibilidade de dados do Data Center do Estado, localizado no Prodest, em Vitória. 

 

Portal SUS

Em outubro, o Prodest desenvolveu, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), o Portal SUS. Pelo site, os cidadãos têm acesso ao histórico de consultas e exames solicitados na rede estadual de saúde. Além disso, é possível conferir o andamento destas solicitações, com a informação atualizada dos atendimentos feitos ou a realizar.

Para entrar no Portal SUS, é necessário inserir o número do Cartão Nacional de Saúde e as letras da imagem que aparecem para fazer o login. Na página principal, aparece a aba Consultas e Exames.

Nela, são exibidas a data de solicitação do município ao Estado, o número do Cartão do SUS e o histórico de atendimentos com o número da solicitação, indicação do procedimento, a unidade solicitante (origem), a data de entrada do pedido no sistema e a situação. Os pedidos de consulta e exames são feitos apenas pelos médicos nas unidades de Saúde.

 

Disque Denúncia

Em junho, a autarquia e a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) lançaram o site do Disque Denúncia (www.disquedenuncia181.es.gov.br), onde é possível denunciar diversos tipos de crimes, de forma sigilosa. O serviço, na plataforma on-line, tem seções especiais para denunciar tráfico de drogas; homicídios; violência contra criança/mulher/idoso; foragidos; porte ou comércio de arma de fogo/munições; roubo/furto; corrupção; demais crimes.

Os cidadãos têm segurança para fazer as denúncias. Todas as informações transitadas são criptografadas, com certificação digital. O site foi construído por meio da plataforma Orchard, permitindo a criação de um layout que facilita o acesso às informações em dispositivos móveis (smartphones, tablets, entre outros).

Data Center

Com o objetivo de melhorar os serviços oferecidos aos clientes, o Prodest investiu 2,8 milhões no Exadata (equipamento que se caracteriza por conter diversos recursos, como banco de dados, processamento das informações, armazenamento e switches de comunicação entre os servidores).

Hospedado no Data Center do Estado, sediado na autarquia, o Exadata já proporciona uma série de melhorias. Uma delas é reduzir pela metade o cálculo da folha de pagamento, que é feito atualmente em um dia. Com o equipamento, o processo de disponibilização dos contracheques no Portal do Servidor passou de 20h para apenas uma hora em média.

O Exadata também diminui bastante o tempo de backup. No banco de dados da Procuradoria Geral do Estado (PGE), essa atividade passou a ser executada com o triplo de velocidade, passando de dez para três horas.

Na ferramenta de Business Intelligence (BI) da folha de pagamento, cujo banco de dados está hospedado no Prodest, a rotina semanal de extração de dados está quatro vezes mais rápida, sendo finalizada em apenas uma hora.

Agendamento Online

Neste ano, o Prodest vai participar do lançamento do agendamento online, que estará disponível para desktops e tablets, além do aplicativo ES na Palma da Mão. Inicialmente, esse serviço será adotado pelo Procon e a Setades.

Para efetivar o agendamento online, o cidadão deve seguir alguns passos: selecionar o serviço, escolher a unidade do órgão, informar dados pessoais (nome, nº de documento de identificação, telefone) e o horário em que deseja ser atendido.

SIGA A #ABEPTIC:

  • Facebook - ABEP TIC
  • LinkedIn - ABEP TIC
  • Instagram - ABEP TIC
  • YouTube - ABEP TIC

O BOLETIM ABEP É UM OFERECIMENTO DE:

isgparticipacoes_banner_abep_700x90px.pn